Erasmo Carlos morre aos 81 anos, no Rio de Janeiro; veja trajetória do músico

Aos 81 anos, o cantor e compositor Erasmo Carlos morreu nesta terça-feira (22). Ele havia sido internado às pressas na segunda-feira (21) no Hospital Barra Dór, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

No início de novembro, Erasmo havia celebrado a alta médica após internação de duas semanas no mesmo hospital em que voltou a ser assistido. À época, ele tratava uma síndrome edemigênica – caracterizada pelo excesso de líquido preso nos tecidos do corpo e pode ter diferentes causas, como o mau funcionamento dos rins, fígado ou coração.

Segundo a coluna do jornalismo Guilherme Amado, a esposa de Erasmo, Fernanda, estava ao lado do cantor no momento em que ele faleceu. A causa da morte ainda não foi divulgada.

O músico teve três filhos. O mais velho, o cantor Alexandre Pessoal, morreu em 2014 após sofrer um acidente de moto.

A última publicação do músico nas redes sociais foi no dia 18 de novembro, quando celebrou a vitória do disco “O futuro pertence a... Jovem Guarda” como melhor álbum de rock em língua portuguesa de 2022 no Grammy Latino.