Festa do Flamengo deixa cinco PMs e dezenas de torcedores feridos; Confira vídeos das confusões

A festa do Flamengo em comemoração aos títulos conquistados este ano foi manchada por uma confusão generalizada que terminou com dezenas de pessoas feridas, sendo elas cinco policiais militares e, pelo menos, 30 torcedores. A celebração das conquistas da Libertadores e da Copa do Brasil acontecia na Avenida Presidente Antônio Carlos, no Centro do Rio, desde a manhã deste domingo (13), mas brigas entre os participantes fizeram com que o evento fosse encerrado em meio a bombas de efeito de moral, saqueamento de lojas e correria.

Em vídeos enviados para o WhatsApp O Dia, é possível ver policiais militares utilizando gás lacrimogênio e bombas de efeito moral para dispersar o grupo e torcedores revidando à ação, atirando objetos contra as equipes. Nas imagens, há torcedores dizendo que o ataque partiu dos PMs, sem motivação. Na confusão, houve saqueamento de, ao menos, uma unidade das Lojas Americanas e do Ponto Frio, na região. Confira os vídeos abaixo. De acordo com a Polícia Militar, equipes dos Batalhões de Polícia de Choque (BPChq), Especializada em Policiamento em Estádios (BEPE) e o de Rondas Especiais e Controle de Multidão (RECOM) foram acionados para conter confusões entre torcedores do Flamengo e, durante o tumulto, cinco PMs acabaram sendo feridos e precisaram ser socorridos para o Hospital Central da Polícia Militar, no bairro do Estácio. Segundo a corporação, o estado de saúde dos agentes é estável.

Também por conta do tumulto, aproximadamente 30 pessoas precisaram dar entrada na emergência do Hospital Municipal Souza Aguiar, com ferimentos diversos. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde do Rio (SMS), até o momento, não há casos graves. Ainda segundo a PM, na confusão, prédios públicos foram depredados e, até o momento, dois homens foram conduzidos para a 5ª DP (Mem de Sá). A situação foi estabilizada pelas equipes.