Homem conhecia mulheres na internet, filmava o sexo e publicava em sites o mesmo foi preso

Um homem foi preso pela Polícia Civil nesta sexta-feira (18), de forma preventiva, no Distrito Federal, por cauas da venda de vídeos das relações sexuais dele com as vítmas para sites pornográficos. A operação, batizada de “Sex Offender”, foi comandada pela Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC/PCDF).

De acordo com a polícia, o homem foi preso em casa, em Ceilândia. Foram encontrados diversos equipamentos de sadomasoquismo, camisinhas e comprimidos no local.

Segundo policiais, algumas mulheres chegaram a saber das gravações, mas não imaginavam que as imagens iriam para a internet. A primeira denúncia ocorreu após uma vítima se reconhecer em um site internacional.

A polícia também informou que o homem marcava encontros com garotas de programas e filmava as relações sexuais para vender. Conforme a Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Cibernéticos, o principal site utilizado já foi identificado e a sede fica na República Tcheca.
No mínimo, 15 mulheres foram vítimas do investigado, é o que estima a Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC).

Após autorização da Justiça, os agentes da DRCC cumpriram o mandado de busca e apreensão domiciliar e a prisão preventiva do suspeito.