Homem é sequestrado e executado pelo tribunal do crime por furto que não aconteceu

Ronildo, pai de família, foi sequestrado e executado por quatro criminosos com ligação ao crime organizado. A vítima teria sido levada ao tribunal do crime por um furto de celular.

Ronildo foi torturado e esfaqueado, e seu corpo foi deixado em um rio. O suposto furto não aconteceu, já que o celular que Ronildo teria furtado foi encontrado após a sua morte.

A polícia já prendeu três dos envolvidos, e procura o quarto integrante do grupo criminoso.