Homem que assassinou ex-namorada a facadas é encontrado morto na prisão

Henrique Arnaldo de Oliveira, 24 anos, acusado de matar a ex-namorada Karen Milene Galvão Borges, de 19 anos, foi encontrado morto na cela da Cadeia de Penápolis, onde estava preso temporariamente. Oliveira foi preso em flagrante dia 9 de novembro, após matar a ex-namorada a facadas em um supermercado de Araçatuba.

De acordo com as primeiras informações, Henrique teria cometido suicídio. Ela havia saído do trabalho por volta das 20h quando o acusado a esperava em frente ao mercado. Houve uma discussão e ela retornou, sendo seguida pelo rapaz.

Na porta do supermercado, ela foi atacada a facadas por ele. Karen chegou a ser socorrida e internada em estado grave na Santa Casa de Araçatuba, mas não resistiu aos ferimentos.

Ele ainda tentou fugir, mas bateu o carro que dirigia e foi encontrado no apartamento onde ele morava. Henrique havia ingerido vários medicamentos e precisou ser levado ao hospital antes de ser encaminhado para a delegacia. O caso gerou comoção regional, principalmente na internet.