Pai estupra menina de 12 anos e tenta ameaçar dizendo que ninguém acreditaria nela

Um homem de 31 anos foi preso na noite desta sexta-feira (25), em Ponta Porã, por agentes da 1ª Delegacia de Polícia Civil. Ele é acusado de estuprar a filha de 12 anos, durante uma visita da menina.

O delegado responsável pela prisão, Luccas Rodrigues Gomes, informou que na tarde desta sexta-feira a adolescente foi visitar o pai, quando o suspeito passou a mão em suas partes íntimas.

Na ocasião, a vítima havia abaixado para pegar um objeto que estava no chão, quando foi abusada. O autor ainda a levantou e a vítima pediu que ele a soltasse. Entretanto, o suspeito continuou com os abusos.

Antes de levar a filha em casa, o suspeito disse que a vítima teria três opções: não contar para ninguém o que aconteceu; contar para alguém, só que ninguém iria acreditar nela; ou se ela contasse para alguém, poderia arruinar a vida dele.

Ainda segundo o delegado, ao chegar em casa a vítima narrou o ocorrido à mãe e a familiares mais próximos, que a conduziram até a delegacia da Polícia Civil de Ponta Porã.

A vítima também relatou que esta que não é a primeira vez que o pai comete os abusos. Diante dos fatos, o delegado decretou a prisão em flagrante do suspeito e representou pela prisão preventiva.

No momento, o acusado aguarda audiência de custódia.