Pai faz disparos para o alto durante velório do filho em Cuiabá

O rapaz era foragido em Mato Grosso e morreu durante operação policial Rio de Janeiro

Um homem foi filmado fazendo vários disparos para o alto durante o velório de seu filho no final de semana em Cuiabá.

Ele seria um policial aposentado.

Seu filho, Haynner Martins de Moraes, de 33 anos, era foragido da Justiça de Mato Grosso e foi morto na semana passada, no Rio de Janeiro.

Pelos vídeos do velório, que ocorreu no cemitério Parque Bom Jesus, em Cuiabá, é possível ver uma grande quantidade de pessoas no local, inclusive com queima de fogos e música.

Haynner tem sido atuante no crime em Cuiabá pelo menos desde 2010, tendo inclusive uma gangue que levava seu apelido, a “Gangue do Brinquinho”.

Ele foi morto na quinta-feira (10), durante operação do Batalhão de Operações Especiais (Bope) na favela Nova Holanda, localizada no Complexo da Maré, no Rio de Janeiro, comunidade tomada pela facção Comando Vermelho.

A operação tinha o objetivo de libertar o motorista de um caminhão, que estava sendo feito refém na favela após o roubo da carga que transportava.

Na ação, Haynner portava um fuzil e chegou a atirar contra os policiais, quando foi alvejado e morto, afirma o programa. Além dele, outros dois moradores da favela teriam se ferido.

A Polícia Civil foi procurada pela reportagem, mas não se posicionou sobre o ocorrido até o momento.