PM atira em homem após ele se recusar a sair da porta de Colégio Militar de Valparaíso de Goiás; vídeo

Um policial militar foi flagrado dando tapas em um homem na porta de um colégio militar em Valparaíso de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. Vídeos feitos por pessoas que passavam pelo local mostram quando o homem é agredido (assista acima). Testemunha disse que o rapaz estava bêbado e que foi atingido com tiro no pé.

Em nota ao g1, a Polícia Militar disse que foi acionada com a informação de que um homem aparentemente bêbado estaria ameaçando e xingando alunos do colégio e que, após ele "partir para cima" da equipe com uma arma branca, um PM atirou contra o pé dele para "cessar a injusta agressão". A corporação disse ainda que abriu um procedimento administrativo para apurar o fato (veja íntegra da nota ao fim do texto).

O caso aconteceu na sexta-feira (26), em frente o Colégio Estadual Fernando Pessoa, no Setor Jardim Céu Azul, em Valparaíso de Goiás.
As imagens gravadas por estudantes e pessoas que passavam pelo local mostram o policial batendo e empurrando o homem, que caiu no chão. Em outro momento, ele pegou uma pedra e foi para cima do PM. Outra policial tentou afastar os dois.

Uma testemunha disse à TV Anhanguera que o homem estava aparentemente bêbado e perturbando os policiais que fazem a segurança na porta da escola. Segundo ela, durante o tumulto, o PM teria atirado no pé do homem e o algemado. Imagens mostram quando o policial aponta a arma para o rapaz, mas o momento do tiro não foi gravado.

Íntegra da nota da Polícia Militar

"A propósito da solicitação de nota, sobre ocorrência envolvendo uma equipe policial militar durante uma abordagem na cidade de Valparaiso-GO, a Polícia Militar de Goiás informa o que segue:

Conforme relato do registro da ocorrência e das testemunhas, a PM foi acionada para atender uma ocorrência onde uma pessoa, aparentemente embriagada, estaria ameaçando e xingando alunos do CEPMG Fernando Pessoa. No local os PMs tentaram abordar o homem, momento em que o indivíduo em posse de uma arma branca partiu para cima de um dos policiais. Foi efetuado um disparo de arma de fogo que acertou o pé do agressor a fim de fazer cessar a injusta agressão. Por fim, foi realizada a condução do homem para a delegacia de polícia, onde foi realizado os procedimentos legais. A PMGO determinou a abertura de um procedimento administrativo para apurar as circunstâncias do fato."