Presidiário liberado em saidão estupra a própria filha de 12 anos no DF

Investigadores da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) cumpriram mandado de prisão preventiva, na tarde dessa segunda-feira (7/11), contra um homem de 31 anos que estuprou a própria filha, de 12 anos. Ele já estava preso em regime semiaberto e cometeu o abuso durante um saidão.

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) recebeu uma denúncia anônima no final de setembro deste ano, informando que a adolescente foi abusada sexualmente pelo próprio pai, em Sobradinho. Após diligências, a equipe policial conseguiu qualificar o autor e reunir todos os elementos suficientes para representar pela prisão preventiva.

A Justiça deferiu o pedido e, nessa segunda, policiais da DPCA cumpriram o mandado. O homem já estava detido por ter sido condenado por estupro de vulnerável em 2014. A vítima, à época, também era uma adolescente de 12 anos.

O homem agora permanecerá preso em regime fechado e não terá mais direito às saídas temporárias.