Pai bate em filha e é morto a facadas por vizinho que discordou da agressão

Um homem de 48 anos foi esfaqueado até a morte pelo vizinho neste domingo (04) no bairro Palmital, em Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com a Polícia Militar (PM), o crime ocorreu após o homem ferido com facadas ter batido na filha, o que causou irritação do vizinho.

O assassinato ocorreu na avenida Amália de Caldas Vargas. Testemunhas contaram aos policiais que a vítima tinha ido ao local para levar os filhos que passaram dias com ele, cumprindo um acerto feito com a mãe das crianças e ex-mulher do homem. Ao chegar na casa da mãe, uma filha do casal teria reclamado que o pai teria batido nela, sem dar detalhes de como foi a correção e qual motivo.

Ao saber da história, o vizinho, de 25 anos, foi à casa ao lado e teria questionado o pai das crianças sobre o motivo que o levou a bater na filha. Durante a discussão, o vizinho teria questionado o homem se ele tinha coragem de bater nele. Em seguida, já com uma faca escondida, ele acertou golpes na região torácica da vítima.

O homem ainda tentou fugir do local, para não ser mais ferido. Ele foi encontrado caído em uma rua da região e chegou a ser socorrido para a Unidade de Pronto-Atendimento São Benedito, mas a morte foi constatada logo após o resgate. O autor do crime desapareceu após o crime e não foi mais encontrado pela polícia.