Casal é preso em flagrante tentando vender imóvel em que eram inquilinos

Agentes da 21ª DP (Bonsucesso) prenderam em flagrante um casal tentando vender uma casa que não era deles, em Bonsucesso, na Zona Norte. Aluisio José Aroucha Neto e Priscila de Melo Motta Aroucha, inquilinos do imóvel, se passaram por donos para praticar um golpe. A vítima da dupla foi até a delegacia denunciar que chegou a pagar por 70% do valor cobrado.

Alguns dias após ter realizado os pagamentos, a vítima procurou se informar junto a administradora do condomínio sobre a propriedade do bem, momento em que soube que o casal que havia vendido o imóvel não eram os reais proprietários do local, mas sim locatários. Após descobrir a farsa, a vítima procurou o casal para questioná-lo. A dupla, então, propôs que a vitima pagasse o restante acordado ou fizesse um documento em cartório que estava desistindo do negócio.

Com a demora de resolver a pendência por parte da vítima, que a esta altura já estava em contato com a Polícia, o casal mandou que terceiros fossem à procura da compradora para cobrar de maneira ameaçadora o pagamento das parcelas restantes firmadas anteriormente.

Orientada pelos policiais, a vítima optou por desfazer o negócio e foi procurada pelo casal para que comparecessem ao 14º Ofício de Notas em Bonsucesso para realizarem termo de acordo de devolução do imóvel. Com isso, foi montado um cerco policial para que a dupla fosse presa no momento imediatamente após ficasse constatada o crime de falsidade ideológica.

Tendo em vista que as partes realizaram as assinaturas e ficou constatado o crime, agentes efetuaram a prisão da dupla, que foi conduzida a 21ª DP sem que apresentassem resistência à prisão.

O casal vai responder por tentativa de estelionato e falsidade ideológica. Até o momento, a reportagem não conseguiu contato com a defesa dos presos.