Chefe deixa funcionária gravemente ferida e se enforca

Uma jovem de 18 anos permanece internada, em estado grave, na Santa Casa de Montes Claros, após ser agredida pelo patrão em Ibiaí, região do Norte de Minas, no domingo (22). O suspeito, Danilo Tadeu Alencar Rodrigues, fazendeiro e comerciante de 36 anos se enforcou após o crime. O corpo dele foi encontrado nessa segunda-feira (23) dependurado em uma árvore, na fazenda Várzea dos Bois.

Assim que a jovem deu entrada no pronto atendimento, a Polícia Militar foi acionada. Em relato aos militares, a vítima disse que o homem tinha intenção de matá-la e que ao pensar que ela tinha morrido cometeu suicídio.

Conforme informações do boletim de ocorrência, a jovem era funcionária do autor. Os dois, segundo testemunhas, mantinham um relacionamento extraconjugal.

Por meio de nota, a Polícia Civil (PCMG) informou que vai apurar as condições em que ocorreram o crime e o suicídio. Conforme o delegado responsável pelo caso, Robson Murta, "a perícia médico legal da PCMG atestou o óbito como suicídio por enforcamento, não havendo indícios de outros crimes contra o homem."