Homem faz vídeo e manda para própria mãe após matar a companheira a facadas. VEJA

Segundo o boletim de ocorrência, o autor do crime é o companheiro da vítima, de 22 anos, que fugiu com o carro dela após esfaqueá-la.

Mulher de 25 anos é morta a facadas em Santa Barbara d'Oeste; suspeito está foragido

Uma mulher de 25 anos foi morta a facadas na noite deste domingo (22), em Santa Bárbara d'Oeste (SP). Segundo o boletim de ocorrência, o autor do crime é o companheiro da vítima, de 22 anos, que fugiu com o carro dela após esfaqueá-la.

Conforme o registro policial, a vítima e o autor tinham uma relação há cerca de um ano e meio. Na noite deste domingo, a Guarda Municipal foi acionada para a casa deles, no bairro São Francisco, após receberem uma comunicação referente a uma briga de casal.

No local, o resgate do Corpo de Bombeiros já socorria Rafaela Cristina Barroso da Silva, que tinha sido ferida com pelo menos sete facadas nos braços, tórax e cabeça. Ela foi levada para o pronto-socorro Afonso Ramos, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade.

Segundo o boletim de ocorrência, os guardas apuraram que o casal se desentendeu neste domingo e em seguida o homem esfaqueou a vítima. Ele fugiu usando o carro dela, que depois foi encontrado batido em uma árvore, ainda no bairro São Francisco, abandonado.

Dentro do veículo foi encontrada uma faca, que a polícia vai apurar se foi a arma utilizada no crime, e documentos do autor. Ele não foi localizado até a publicação desta reportagem.



Durante o registro da ocorrência, o irmão da vítima foi até a Polícia Civil e relatou que o casal mantinha relacionamento há cerca de um ano e meio, e que tinha uma filha de 10 meses. Ele relatou que o autor tinha ciúmes excessivos da mulher e que o relacionamento sempre foi conturbado.

Ainda conforme o irmão da vítima, as brigas se tornaram mais frequentes após o nascimento da filha. O homem já tinha sido preso por lesão corporal e ameaça contra a vítima em agosto do ano passado, segundo o BO, mas eles reataram o relacionamento.

A equipe da EPTV foi até o local na manhã desta segunda-feira e conversou com vizinhos. Eles contaram que a mulher tinha cinco filhos e foram os mais velhos que saíram da casa para pedir socorro aos vizinhos.

O caso foi registrado como feminicídio consumado e segue em investigação pela Polícia Civil.

Veja Os Vídeos: